PUB

Capa do jornal "Bombeiros de Portugal"

Director: Rui Rama da Silva

quarta-feira,

21/11/2018

12:44

AO COMEMORAR 88 ANOS DE EXISTÊNCIA

05/09/2018 17:14:21

LBP atenta e reivindicativa na defesa do seu lema “Vida por Vida”

 

 

COG19.JPGA Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP) comemorou no passado dia 18 de agosto, 88 anos de existência enquanto confederação das Associações e Corpos de Bombeiros de qualquer natureza, sejam voluntários, sapadores, municipais ou privativos.

No momento em que se lembra o desafio a que um punhado de dirigentes e comandos dos bombeiros se lançaram no longínquo 18 de agosto de 1930, importa testemunhar que a LBP se mantém fiel a si própria e a todos os que representa, atenta e reivindicativa na sua defesa, sublinhe-se, interpretando sempre a vontade do coletivo.

Em face de todos os escolhos e dificuldades que a LBP tem encontrado ao longo dos anos, importa aqui destacar a sua capacidade para os ultrapassar, mantendo-se firme e intransigente na defesa dos Bombeiros Portugueses. O acréscimo de responsabilidades e a intensificação da sua presença nas estratégias de reforma do sector dos bombeiros, levam a LBP a defender a existência de uma Direção Nacional de Bombeiros Autónoma, Independente e com Orçamento Próprio, bem como um Comando Autónomo, à semelhança dos restantes agentes da proteção civil.

Uma história rica de 88 anos, como atestam os registos da LBP, conheceu muitas etapas, atravessou dois séculos e assinala tudo o que se passou ao longo desse tempo na vida e obra dos bombeiros portugueses em prol das suas comunidades, na prestação do socorro e na prevenção em prol de pessoas e bens.

A LBP, além de uma longa história, teve a particularidade de, sendo uma organização dinâmica e pró-activa, surgir em diferentes momentos com posições, porventura polémicas e desassombradas, mas também sempre marcadas pelo civismo, pelo respeito pelas restantes instituições e pelo próprio Estado e Governos, independentemente das razões de queixa ou discordância que liderou.

A história da LBP está também marcada por inúmeros momentos da nossa memória coletiva nacional que ficaram assinalados pela bravura, abnegação e coragem dos bombeiros portugueses em diferentes combates. Onde muitos deles, inclusive, se libertaram da lei da morte levando ao extremo do sacrifício das suas próprias vidas o apego e a dedicação ao bem comum.

Essa é uma história lavrada a ouro, tarjada também de negro pelo luto é certo, mas que constitui um exemplo vivo e permanente do exercício da cidadania levado ao extremo.

O aniversário da LBP é um momento de excelência para lembrar todos os que tombaram no cumprimento do dever e também aqueles que vítimas das sequelas da sua abnegação ficaram feridos.

A sociedade portuguesa será para sempre credora, para uns e outros, do respeito e da admiração. Esse respeito e admiração, contudo, como a LBP tem defendido, para que sejam efetivos, têm que ter expressão prática, seja no apoio em geral às próprias associações de bombeiros, seja na criação de condições para que o exercício da atividade de bombeiro, inclusive na sua expressão voluntária, tenha o devido e merecido enquadramento social.

Curvamo-nos também perante a memória de todos os que nos antecederam nos órgãos sociais da LBP certos que, seja em que época ou contexto social o tenha sido, deram o seu melhor pela instituição Bombeiros.

Aliás, ao comemorar a efeméride, a Liga dos Bombeiros Portugueses reafirma a sua confiança e o seu orgulho nos Bombeiros Portugueses, nas suas Associações e Comandos, bem como nas Federações Distritais, pois em conjunto e unidos continuaremos a assumir plenamente o nosso lema “Vida por Vida”.

Bem hajam todos os que tem contribuído para o êxito da nossa tão Nobre Missão.

 

PUB