PUB

Capa do jornal "Bombeiros de Portugal"

Director: Rui Rama da Silva

terça-feira,

18/09/2018

23:59

Vem aí o homem do saco

07/03/2018 12:42:58


Foram os bombeiros a avisar há muitos anos para a necessidade de tratar a floresta como deve ser e limpar os terrenos em volta das casas. Passaram muitos anos e agora parece que querem fazer tudo de uma vez. Todos sabemos e nós melhor que ninguém que é mesmo urgente que isso aconteça mas não pode ser da forma atabalhoada como o estão a fazer.

Percebe-se que há dificuldades em concretizar tudo de uma vez e rápido mas para empurrar, o Estado foi buscar o homem do saco ou o papão com que antigamente se assustavam os cachopos que não queriam comer a sopa. O papel da Autoridade Tributária não é esse? Ainda por cima a mandar avisos também para as pessoas que vivem em andares ou têm pequenos logradouros entre prédios em zonas urbanas. Só o desatino com que se quer fazer à bruta as coisas é que pode explicar isto. Mas fica mal a quem o decidiu.

Julgo não haver ninguém que não perceba que é necessário limpar os terrenos como os bombeiros sempre disseram mas só lhes deram ouvidos quando houve mortos nos incêndios florestais que todos lamentamos. Mas lamentamos esses mortos, mais de 100, como todos os outros, por exemplo, também os que já morreram desde o princípio do ano em incêndios urbanos e esse número anda quase lá perto do outro. Mas destes pouco se fala.

Na limpeza dos terrenos, como as câmaras e juntas de freguesia terão já dito, não está em causa o fazer mas os meios e o tempo para tal, questão em que os governantes se fecham em copas. E como a coisa corre mal, mesmo com a ameaça do dito papão agora já dizem que são os bombeiros e os militares é que vão capinar. E sobre isso também já levaram para contar dos próprios bombeiros e do presidente da Liga.

 

PUB